IMC-ONLINE

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Síndrome Metabólica

A síndrome metabólica foi descrita a primeira vez pelo pesquisador Gerald Reaven, em 1988, com a denominação de síndrome X ou plurimetabólica. Ele se baseou em observações que constatavam que algumas doenças como hipertensão, alterações no colesterol e na glicose estavam comumente associadas à obesidade. Até além, já que esses fatores estavam ligados pela resistência insulínica. Atualmente a Síndrome tem sido muito discutida e valorizada por aumentar o risco do desenvolvimento de doenças graves, como as cardiovasculares, o diabetes e derrames.

Apesar de ter a resistência insulínica como a base de tudo, é importante saber que seu conceito não é universal. Mas entre os determinados, temos características comuns a todos eles, que são:


· Obesidade abdominal
· Hipertensão
· Alto nível de LDL e baixo de HDL
· Glicemia alta – mesmo em jejum
· Alta taxa de triglicerídeos no sangue


Normalmente o diagnóstico de síndrome metabólica é dado por três desses sintomas ou mais.


Para explicar melhor essa síndrome, é importante descrever a participação da insulina. Quanto maior a quantidade de ácidos graxos livres no sangue, maior é a quantidade de insulina necessária para levar esses ácidos graxos e glicose para o interior das células. Assim, quando o organismo produz mais gordura visceral, característica do caso mais grave de obesidade, ácidos graxos estão abundantes no sangue e a competição com a glicose para entrar nas células, aumenta a quantidade de insulina necessária, mas não a quantidade de receptores nos outros tecidos, que na verdade diminuem. Isto é a chamada resistência insulínica.

A partir daí é fácil ver que como o aumento dos níveis de ácidos graxos tem uma estrita relação com o aumento de peso, em um organismo obeso, a quantidade de insulina é muito alta para melhorar a eficiência do processo, mas o organismo não consegue acompanhar.
VÍDEO(ESTÁ EM INGLÊS!!!): http://www.youtube.com/watch?v=JA1hwzuzjpQ
Postado por Dryelle Oliveira

Bibliografia:
Hall, John; Guyton, Arthur. - Tratado de Fisiologia Médica - 11ª Ed. 2006, Editora Elsevier/Medicina Nacionais

Nenhum comentário:

Postar um comentário